Notícias

Atualizações sobre a greve dos caminhoneiros e o impacto no Porto de Santos

Greve dos caminhoneiros e situação do Porto de Santos

Com início na segunda-feira (1) desta semana, a greve promovida pelo Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens da Baixada Santista e Vale do Ribeira (Sindicam), está impedindo e comprometendo o acesso e transporte de carga no Porto de Santos.

O movimento é nacional e reivindica solicitações feitas pela categoria em 2018 que não foram atendidas. Agora, com quase três dias de duração, a preocupação é em relação ao tempo que a paralisação deve persistir, já que ainda parece estar longe do fim.

As instalações portuárias estão fazendo embarques das mercadorias que já estavam armazenadas nos pátios. Novas operações podem ficar comprometidas e com atrasos. Segundo informações da Autoridade Portuária de Santos, o número de navios atracados que operam sem restrições é de aproximadamente 80%, enquanto 20% já enfrentam dificuldades.

Como consequência, os terminais de contêineres do Porto registram uma baixa movimentação, ainda que os desembarques estejam acontecendo. A greve segue concentrada na região de Santos e em seus terminais. Nas fronteiras e aduanas, o fluxo segue normal, segundo nossos especialistas.

Nossa equipe está acompanhando o cenário e trazendo atualizações. Está com dúvidas sobre sua carga? Fale com os nossos especialistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *